Tratamentos
Informações sobre procedimentos para tratamento de doenças.

Linfedema

Tratamento clínico:

O tratamento do linfedema é, por definição, paliativo. A maioria dos pacientes obtém redução significativa do edema e levam uma vida normal, sem restrições. Porém, a cura, ou seja, o restabelecimento da função linfática normal e regressão completa das alterações teciduais, não ocorre. O objetivo do tratamento é redução do edema do membro, com recuperação de sua funcionalidade, restauração do aspecto estético e diminuição das complicações relacionadas.

O tratamento clínico consiste na terapia física complexa, que é composta por drenagem linfática manual, cuidados da pele, compressão elástica e exercícios miolinfocinéticos.

Tratamento cirúrgico:

O tratamento cirúrgico do linfedema apresenta resultados bastante limitados e tem suas indicações, não sendo o tratamento de escolha, nem o tratamento da primeira abordagem. Esse tratamento pode ser dividido em:

cirurgias de ressecção: dermolipectomias; lipoaspiração; plástica penoescrotal, amputações

cirurgia de derivação: anastomose linfovenosa por técnica microcirúrgica

As indicações do tratamento cirúrgico para o linfedema estão listadas abaixo:

1.Linfedema penoescrotal

2.Linfedema gigante de membro superior ou inferior, com redução do volume após tratamento clínico  e manutenção das medidas,e sem linfangites (infecções) há pelo menos 1 ano.

3.Lifedema em membros inferiores que impossibilitam a marcha

4.Casos de malignização, que são raros, porém que levam a amputação do membro.

5.microcirurgia em casos selecionados.

DR. ANTONIO CARLOS MARTINS

CIRUGIÃO VASCULAR
E ENDOVASCULAR

CRM 87.249

Antonio Carlos Passos Martins - Doctoralia.com.br